domingo, 22 de agosto de 2010

vegetarianismo .

Eu estava pensando, e eu tenho, tenho mesmo que abraçar mais a minha causa . Eu não posso continuar vegetariana, e ficar no meu lugar . Eu tenho que lutar pelos animais . Tenho que lutar pela justiça por eles . Não está certo que as coisas continuem assim . O homem tem que evoluir, o homem tem que transcender essas coisas, tem que pensar que não existe uma " cadeia alimentar " à esta altura do campeonato . Estamos em pleno século XXI . O que pra mim, está sendo um século de espiritualidade . Tamanha espiritualidade, que vi...que pode ser possível, até o homem viver de luz . Muitos podem não acreditar, mas o que importa é que eu acredito . O mundo astral supera tudo isso minha gente . Muita coisa espera você . Então não acha melhor pensar grande, ao invés de seguir pensando pequeno ? Não pensas nos filhos, criaturas de Deus ? Crês que seu pai superior quer que eles sejam alimento ? Por que um Deus de tamanho amor, iria querer isso de suas criaturas ? Pra que Deus criaria os animais só para servirem de alimento ? O homem está ultrapassando todos os limites . Os animais não tem vida livre, e mal podem se reproduzir, hoje a coisa já se tornou tão industrial, que não é necessário nem o ato entre o boi e a vaca . Para aumentar a demanda, fazem inseminação artificial . Hoje, cada vez mais, as vacas dão menos leite . Porque o leite, acaba indo para a indústria, ao invés de ir para os seus filhotes, e também por causa das condições, e forma em que vive ( em uma área tão pequena, como escrava ) . Muitas vezes para o baby beef, matam o bizerrinho e ele nem tem chance de crescer . Como haverá paz entre os homens, se não existe entre homens e animais ? Como poderemos continuar pagando para isso ? Pagando para a injustiça, pagando para o sofrimento . Muitas pessoas dizem " não sou eu que mato ".  Mas, meu caro, você está ajudando para que continuem matando desenfreadamente, está ajudando essa guerra . Eu acho que a consciência é de cada um . E não acho que ninguém tem que se obrigar a parar . Só o que eu acho, é que as pessoas tinham que se sensibilizar pela realidade, ver além da comodidade,  ver além de uma carne no prato, ver o que a carne passou para chegar até ali . Era uma vida, era um coração que batia, e agora isso é tudo o que resta  .

Um comentário:

  1. Larinha querida!
    É por isto que te amamos tanto.

    Beijos,

    vovó

    ResponderExcluir